Cada vez mais usamos serviços online para guardar nossos arquivos, laudos e exames. O processo é fácil de realizar e a prática é muito conveniente: podemos compartilhar e acessar os documentos em qualquer lugar e ainda poupar a memória interna de nossos dispositivos.

Apesar das suas vantagens, existe um fator crucial que você deve se atentar para usar a modernidade ao seu favor: segurança.

Para te ajudar, separamos algumas dicas simples para você melhorar a proteção dos seus arquivos. Continue lendo!

1. Verifique a confiabilidade do serviço antes de armazenar seus arquivos

Esse é o primeiro passo. Há centenas de serviços, pagos e gratuitos, hoje em dia na internet. No entanto, é recomendável uma boa pesquisa e avaliação antes de se escolher qual usar.

Acesse sites especializados, fique atento aos comentários de usuários e não se deixe levar por modismo.

Separamos os 05 serviços mais utilizados e bem avaliados hoje em dia:

  • DropBox: permite armazenar até 2GB gratuitamente em espaços na nuvem dedicas a seus clientes e compartilhar dados com outros usuários que tenham este aplicativo instalado em seus dispositivos;
  • GoogleDrive: um serviço de disco virtual da Google para armazenar dados e arquivos diversos, sendo integrado com o Gmail e demais aplicações Google for Work;
  • iCloud: é similar, mas trata-se de nuvem disponível a quem utiliza produtos Apple, como o iPhone;
  • OneDrive: antigo SkyDrive, para quem possui conta na Microsoft (integrado ao Outlook.com);
  • Evernote: um tipo de banco para anotações que também salva as informações na nuvem em aparelhos com o sistema operacional Android (entre outras possibilidades).

2. Cuidado com suas senhas

Confira algumas dicas. Quantas delas você realiza?

  • Não utilize senhas óbvias e fáceis de decifrar;
  • Coloque senhas em todos os arquivos;
  • Não utilize a mesma senha para todos os serviços que acessar;
  • Não forneça suas senhas para outra pessoa, em hipótese alguma;
  • Ao sair do seu ambiente virtual, utilize as opções “Sair” ou “Logout”;
  • Altere suas senhas periodicamente;
  • Não salve senhas no navegador web.

3. Faça backups!

O backup existe para auxiliar na prevenção de perda de dados, como arquivos apagados acidentalmente por alguma falha. Isso garante a integridade dos seus arquivos, e te deixa mais tranquilo, sabendo que independente do que ocorra, você sempre terá uma cópia dos exames, laudos e arquivos mais importantes.

4. Ative suas notificações

As notificações são úteis para controlar quem acessa seus documentos online e quando o acesso é realizado. Essa é uma manobra de segurança. Se você receber um aviso que o arquivo foi acessado, pode se prevenir e descobrir quem está mexendo nos documentos.

5. Autenticação em dois fatores

A autenticação em dois fatores permite o acesso só quando uma segunda verificação é realizada por SMS ou e-mail, aumentando assim a segurança de seus documentos. Eles só serão acessados caso você libere!

6. Não seja resistente à mudança

Quem não experimenta o novo perde oportunidades de usufruir possíveis benefícios e vantagens inovadoras. Lembre-se que correr riscos calculados faz parte de um “comportamento empreendedor”.

Leave a Reply

×

Powered by WhatsApp Chat

×