Nesse último ano, pudemos acompanhar de perto o impacto do digital em nossas vidas, tanto no pessoal como no profissional. Passamos a fazer mais compras, buscar mais entretenimento online, e trabalhar à distância com maior frequência.

Na saúde, adotamos de vez a prática de realizar consultas pela internet, impactando a experiência do paciente em relação a praticidade, custos com deslocamento e agilidade, por exemplo.

A busca por atendimento médico online no Brasil aumentou de 150.000 (antes da pandemia) para 3,5 milhões (depois da pandemia), de acordo com pesquisa da Exame.

Passamos também a considerar ainda mais a experiência que determinada empresa nos proporciona, antecipando e atendendo nossas necessidades. O Relatório Digital Global de 2021 identificou que mais de ¼ dos consumidores compraram de uma marca pela primeira vez em 2020 influenciados pelos valores que ela oferecia.

Sua empresa não precisa ser do segmento da tecnologia para implementar a transformação digital. Áreas da saúde como biomedicina e radiologia estão entre as mais impactadas pelo avanço de tecnologias inteligentes, segundo o neurocientista e professor Álvaro Machado Dias.

Confira a seguir qual a importância de ser uma empresa digital e como isso pode ajudar a melhorar o seu negócio e aumentar a satisfação dos seus clientes e pacientes.

Importância de ser uma empresa digital

Dados divulgados pela Forbes indicam que 87% das empresas acreditam que o “digital” irá revolucionar o seu negócio e estão cientes de que dependem disso para sobreviver no mercado, mas apenas 44% estão preparadas para essa transformação por medo de arriscar e, com isso, se tornam ultrapassadas rapidamente.

68% das empresas que alcançaram a liderança digital obtiveram melhorias significativas no faturamento de seus negócios, de acordo com levantamento da Harvard Business Review Analytics Services, indicando que essa prática é uma questão de sobrevivência

Hoje em dia, as empresas que não inovam estão com o futuro incerto. Já aquelas que implementaram a transformação digital ou que já nasceram dentro desse cenário estão seguras de que irão sobreviver por muito mais tempo no mercado em comparação aos seus concorrentes.

Ainda há uma enorme resistência à mudança e ao novo por questões relacionadas à segurança ou perda de informações, por exemplo, especialmente no setor da saúde por se tratar de uma área que lida com dados pessoais sigilosos.

Mas é fato que as atuais tecnologias garantem muito mais segurança que as convencionais, pois já nascem adaptadas a essa realidade, em que a segurança dos dados está em primeiro lugar, lado a lado com a experiência dos seus usuários finais.

Além disso, as informações podem ser facilmente migradas de um sistema convencional para outro mais atual de forma rápida, sem perda de dados e proporcionando uma segurança ainda maior.

A tecnologia melhora, ainda, os processos das clínicas por meio da automação de atividades complexas e da entrega de informações estratégicas em tempo real, que de outro modo levaria horas ou dias para serem realizadas ou obtidas. Para o paciente, isso se converte em rapidez, mais qualidade no tratamento e maior praticidade.

Transformação da experiência do paciente

Quando o assunto é se tornar relevante para os clientes, devemos considerar ainda outra mudança: a crescente busca por experiências e não mais por serviços, produtos e nem mesmo por preço baixo. O consumidor, seja ele um paciente ou solicitante, deseja ter uma boa experiência digital com a clínica – ele quer personalização, agilidade e facilidades.

Essa é a principal proposta da transformação digital: desenvolver tecnologias centradas no bem-estar das pessoas e no atendimento de suas necessidades.

Imagine a quantidade de promotores ou defensores terá um negócio que antecipe a dor do seu cliente e foque em atender as suas necessidades? Isso não só impacta a satisfação do paciente como também a reputação da sua empresa.

Na área da saúde, sabemos o quanto a confiança é um fator crucial para o crescimento do seu negócio.

Você recomendaria a um amigo uma clínica que, mesmo oferecendo a facilidade de estar perto da sua casa, por exemplo, não cumpriu prazos ou teve um atendimento ruim? Certamente não e ainda buscaria outras opções, mesmo que mais distantes, para garantir uma experiência melhor e sentir mais segurança em relação ao resultado do seu tratamento.

Atualmente, esse feedback ocorre de maneira ainda mais espontânea e rápida com a utilização das mídias sociais – o que pode ser uma excelente oportunidade para as empresas que investem em inovação ou não para aquelas que ainda não se atualizaram. Basta uma rápida pesquisa no Google para saber se aquela clínica é uma boa opção.

Mas como implantar a transformação digital em meu negócio?

É simples: adotando soluções mais atuais, sejam equipamentos, seja software de gestão – o importante é não se acomodar ao convencional ou, pelo menos, se certificar de que está no caminho certo e manter-se informado sobre as novidades para o seu setor.

Converse com colegas que estão crescendo de maneira rápida para saber como estão gerindo seu negócio, compare as ferramentas disponíveis no mercado e, até mesmo, faça uma pesquisa com seus pacientes ou solicitantes para entender se as suas necessidades estão sendo atendidas.

O que achou do artigo? Continue acompanhando nossos conteúdos para ficar por dentro 😉

FONTE: CFAZ 

Leave a Reply

×

Powered by WhatsApp Chat

×